quarta-feira, 23 de agosto de 2006

O grande mistério se esclarece

O dia que agora está terminando foi marcado por duas notícias muito marcantes. Uma delas é bem triste, a outra está me tirando o sono...
Devo ter mencionado por aqui que em meados do ano passado o papai foi submetido a uma cirurgia para remoção de um câncer maligno no rim direito. Graças a Deus a cirurgia foi um sucesso e ele pôde voltar a trabalhar normalmente. As dores na região da operação, no entanto, sempre foram uma constante. Não me recordo de um dia que ele não tivesse se queixado da maldita dor. Pois bem. Hoje ele e a mamãe foram a Barretos, no retorno médico periódico. Os médicos fizeram alguns exames e diagnosticaram uma érnia na região do corte da cirurgia. Estou particularmente muito preocupado, pois temo muito que a tal érnia seja uma reincidência do mal que quase o tirou da gente. Minha apreensão ganha ainda mais razão de ser quando ele diz que vai viver só até os 57 anos. Não sei de onde o papai tirou isso, mas confesso que fico muito preocupado quando confronto os dois fatos. Espero que Deus ilumine que tudo não passe de imaginação dele e do meu também!
Contudo, para minha felicidade, a notícia que está tirando o meu sono é pra lá de boa. Hoje fui chamado pelos formandos de Química Industrial deste ano e me informaram o que eles estão "tramando" para o dia 20 de dezembro. Eu havia imaginado um churrasco, um baile ou coisa do tipo. Mas não. Neste dia será a colação de grau e eles querem que eu esteja presente. Sabem por quê? PORQUE ELES ME ESCOLHERAM PARA SER O NOME DA TURMA!!!!
Quando recebi a informação, mostrei-lhe os meus dois braços, que estavam arrepiados de tamanha felicidade. Jamais pensei que fosse tão querido por eles. O que mais me deixou feliz é o fato de que não sou professor deles este ano (embora eu muito quisesse...). Na época em que colamos grau, os colegas escolheram para homenagear aqueles professores cujas matérias lhes traziam mais dificuldade. Achei muita falsidade de meus colegas. Em outras palavras, a homenagem é completamente desinteressada, ao contrário do que ocorreu com a minha turma.
Outro fato que me deixou muito feliz foi o fato da turma de Engenharia Química ficar chateada porque eu não serei professor deles o ano que vem. "Ah, Miller, pega qualquer matéria lá pra dar pra gente. Não tem jeito?".
O mais interessante de tudo isso é que os louros que mais me deixam realizado são colhidos como pessoa e não tem nada a ver com o conhecimento do professor. Não, eu não nasci para a fama. Não quero holofotes nem tampouco palmas. O que quero, na verdade, é continuar sendo o humilde e simples Miller e ser merecedor de um anônimo, porém aconchegante, lugar no coração e na lembrança de cada um deles.

Um comentário:

cristine disse...

Aee!!
Agora sim! Está voltando o Antonio que eu conheci.. =)
Fiquei muito feliz por vc tbm, pela homenagem e os elogios que seus alunos fazem-lhe. Sei o quão importante é a escolha dos patronos e paraninfos de formatura, pois apesar de nunca ter sido professora, sou aluna! rs
Li 2 partes da HQ Secret Identity e estou baixando as outras 2.
A postagem sobre música dos anos 70 tbm é show!
Beijos, ótimo fds! =)