quarta-feira, 25 de outubro de 2006

Lidando com dias ruins

É muito engraçado como a forma com que lidamos com as situações depende muito do nosso estado de espírito que estamos experimentando naquele momento. Hoje o dia não foi nada fácil. Acordei tarde, pois fiquei até tarde preparando o roteiro para a aula prática de hoje. Acordei cedo, mas adormeci de novo e acordei aos frangalhos. Acabei chegando tarde na faculdade e a todo instante era interrompido pelos alunos que oriento. Enfim, a palestra que tenho que apresentar na sexta-feira em uma universidade de Ribeirão Preto ainda está bem crua. No entanto, meu humor manteve-se o mesmo durante todo o dia. Embora eu jamais tenha me alterado com alguém, confesso que às vezes é uma luta interior muito grande conter-me para não demonstrar minha irritação e contrariedade interiores com relação a estas situações. Pois bem. Durante todos os dias experimentei uma alegria intensa que perdura até agora. Acho que os dias que passei de “ressaca” fizeram-me perceber o quanto eu sou feliz, e que todos estes obstáculos, compromissos ou desafios podem ser pequenos quando eu me disponho a enfrentá-los. O mais interessante: eu percebi que as pessoas gostam de me ver assim, alegre e feliz. A energia do ambiente parece mudar completamente. Que esta alegria, agora reencontrada dentro de mim, possa ser expelida pelos poros a cada dia que passa, para que eu possa fazer o que eu mais gostoo nesta vida: fazer as pessoas felizes.

Nenhum comentário: