terça-feira, 21 de novembro de 2006

Só de passagem...

São 4h da madrugada. Nem eu mesmo acredito que estou acordado até agora, principalmente sabendo que daqui a duas horas e meia eu terei que estar de pé novamente. A justificativa para esta loucura, e também pela ausência de novas histórias aqui neste espaço virtual reside em um fato simples: o fim do semestre letivo. Além disso, há vários trabalhos a fazerem (artigos, correções de dissertação, interpretação de espectros e coisas do gênero) que foram se acumulando nos últimos meses. Agora que se acumularam, escrevi todas em um papel, dobrei-o e o carrego comigo. Todos os dias tento cumprir algo que está escrito ali, e depois o risco. A estratégia tem funcionado, pois há muito tempo não me snetia tão motivoado ou mesmo rendido tanto. Certo, eu estou indo dormir tarde, mas amanhã acordarei com a consciência de que todas as provas aplicadas até agora estão corrigidas e que todas as cadernetas estão em ordem.
Há apenas um pequeno problema (aliás, um novo...): o nervo ciático, do lado direito, está inflamado. Tenho andado arrastando a perna, para evitar a dor. O médico receitou repouso absoluto. Tive que rir sozinho quando saí de lá. Coitado! Talvez ele possa saber algum dia qual é a rotina de um professor que se meteu a dar aulas no ensino médio, na graduação e na pós-graduação...
A propósito: Cristine, por favor, seja paciente comigo. Em breve terminarei a história da quarta-feira estressante, mas já lhe adianto que o final daquele dia foi inesperado...

Nenhum comentário: