terça-feira, 17 de julho de 2007

Confuso e dividido

Para que a vida seja uma aventura, não é necessário pendurar-se em um elástico, a dezenas de metros de altura, ou praticar qualquer outro tipo de esporte radical. Basta apenas "sentir" cada momento e vivê-lo com intensidade. Ainda assim, passado algum tempo, tem-se a impressão de que aquele momento não foi bem aproveitado... No meu caso, não está sendo difícil concentrar-me nestas férias nem tampouco cutir este momento tão confuso. A construção de minha casa foi retomada e agora está em fase de acabamento. Como o próprio diz, o acabamento literalmente acaba com nossas energias, paciência e, sobretudo, com o dinheiro. Esgotado e cansado, vejo-me ainda aproximar-se o concurso que tanto esperava, sem ter estudado o que eu gostaria. Para completar a confusão, minha irmã e a Clarinha está nos visitando. A Clarinha está um grude comigo! Às vezes deixo de preparar minhas aulas para brincar com ela. Olho para ela como se fosse minha filha, então peso e escolho brincar com ela. Ela, por sua vez, diz que "o Dinho" é só dela... Ah, que saudade ela vai deixar quando voltar pra casa dela!

Nenhum comentário: