domingo, 8 de fevereiro de 2009

Discurso de casamento

(Palavras ditas durante minha festa de casamento, em 03/05/08)

Sempre que a noite vence meu dia

e as estrelas decoram meu céu,

sinto falta de minha outra metade.

Sua ausência ao meu lado incomoda-me,

embora sua existência preencha-me por completo.

Sempre quis tê-la em meus braços

e fazer do meu desejo a tua felicidade.

Eis que a partir de hoje farei de meu ombro o teu repouso diário,

e meus braços, ao enlaçá-la,

Trarão o calor de que tua alma precisa.

Teus sussurros romperão o silêncio de minhas manhãs

E teu sorriso iluminará minha alma

Todos os dias a partir de hoje serão sempre bons.

Nossas peles, enfim, encontrar-se-ão

e as cortinas de meu mundo serão abaixadas.

Então de meus lábios, antes que eles toquem os seus,

você ouvirá minhas hipérboles pleonásticas,

as histórias cujos fins já lhe são conhecidos

e as piadas tantas outras vezes contadas.

Mas você sorrirá mesmo assim, como das outras vezes,

e nos seus olhos poderei mais uma vez encontrar

aquela moça por quem sou apaixonado há 13 anos

e que ao meu lado tem estado desde então,

mesmo na carência de dinheiro e na falta de humor,

aceitando minhas limitações, compreendendo minhas imperfeições,

e, acima de tudo, oferecendo-me o amor que tanto pedi a Deus.

Terei então renovada a minha certeza

de que se eu não for o mais feliz dos homens,

certamente sou um dos mais abençoados por Deus

por ter ao meu lado a mais linda, doce e meiga de suas criaturas.

Aquela que Deus enviou-me como dádiva

com a missão de fazer dela a mais feliz das mulheres.

Aquela a quem, a partir de hoje,

Poderei carinhosamente chamar de “minha querida esposa”...

Um comentário:

Graziela disse...

Oi Antonio parabens pelo blog, muito bonito.
Ainda nao consegui ver todos, mas estou adorando seus textos.
Obrigada pela visita e pela indicacao.
Sempre que puder apareca.
Um abraco
Graziela