domingo, 13 de novembro de 2011

Amigos: não se decepcione com eles

Ao longo da vida, você vai conhecer muitas pessoas. De algumas você terá maior proximidade. De outras, nem tanto. A algumas destas pessoas próximas você chamará de amigos. Talvez pela identificação que tiver com elas, talvez pelo apoio que te oferecerem em momentos difíceis. Você também tachará de amigos aqueles com quem conviver proximamente por muito tempo, por compartilhar de sua vida com eles, da mesma forma que fará com aqueles que o ajudarem em algum ponto de sua jornada.

Amigos serão pessoas muito importantes em sua vida. Ela será vazia se você não os tiver. Encontra-los é, portanto, uma necessidade. No entanto, você falhará muitas vezes na tarefa de identifica-los. Não importa quão velho você esteja nem tampouco quanta experiência você julga ter. Você se equivocará muitas vezes, e por sucessivas vezes você se decepcionará.

Você perceberá que a amizade entre duas pessoas depende do interesse de ambas em mantê-la. Lembrar-se-á de quantas vezes empenhou-se para manter uma amizade com alguém que pouco se importava com ela. Muitas pessoas o querem como amigo, mas são egoístas demais pra se envolverem com você ou se tornarem próximas demais. Da mesma forma, você verá quão equivocado estava quando julgou serem amigos aqueles que te ajudaram. Você sentir-se-á traído quando perceber que as pessoas tinham seus próprios interesses em ajuda-lo, ou que o fizeram para manipulá-lo a terem com elas uma dívida de gratidão.

Você errará várias vezes, caro leitor, na eleição de seus amigos. Equivocadamente, você elegerá pessoas que adoram caminhar de mãos dadas enquanto estão ao seu lado, mas que não te estenderão a mão quando caminharem à sua frente – que é onde a maioria delas realmente quer estar.

Tendo se decepcionado tantas e tantas vezes, você equivocar-se-á uma última na tentativa de eleger o seu “best friend” dentre os poucos a quem ainda classificar como “amigo”. De uma forma tão triste e dolorosa que estas palavras jamais poderão te mostrar, você perceberá que seus amigos também têm amigos. Quando isso acontecer, não se chateie se você for o amigo preterido, e não o preferido. Afinal, meu caro, você pode não ter sido um amigo tão bom ou tão interessante quanto imaginava.

Nenhum comentário: