domingo, 21 de agosto de 2005

Postagem "piloto"


Já é tarde. Eu deveria estar dormindo. Mas não! Cá estou a postar minha primeira mensagem neste blogger. É engraçado, pois nem sei por onde começar. Como costumam dizer, "todo mundo fica nervoso na sua primeira vez..." Falarei, então, sobre este final de semana.
Sábado, 20 de agosto de 2005. Acordei cedo (ninguém merece...). Tinha que terminar de preparar alguns exercícios para fazer uma revisão do conteúdo de Química Orgânica lá na universidade. As aulas começariam por volta das 13h, mas... eis que o coordenador liga aqui em casa e me pede, educadamente, para iniciar as aulas um pouco mais cedo. "Sem problemas, meu patrão!" Engulo um arroz-feijão rapidinho e lá vou eu para Franca! Se deixar, acho que o meu carro vai sozinho, de tão acostumado que deve estar com a estrada. Eu, por exemplo, já sei até onde ficam os buracos. Sei, também, que a uma certa altura do caminho a temperatura do motor do carro começa a subir e eu tenho que desacelerar. Como não posso pisar fundo, tenho sempre que sair mais cedo...
Chegando lá, notei que haviam um número de alunos menor que o esperado. Mesmo assim, a aula não rendeu como eu gostaria. Não é pra menos: o pessoal havia trabalhado a semana inteira (e estudado também!) e ainda foram lá assistir aulas aos sábados... Já passei por isso e sei que não é nada fácil. O cansaço estava estampado no rosto deles! Mas não ruim, não! A aula foi bem leve e demos boas risadas. Foi muito gratificante e posso dizer que valeu a pena. Terminamos por volta das 16h30min.
Caramba! Ainda ia dar tempo de bater uma bolinha com a moçada lá na academia! Cheguei às 17h30min e tive uma recepção bem "informal". "Aí, Tonhão, está trajado de professor hoje?", "Não vai jogar, não? Só veio prestigiar os craques?" Que brincalhão esse último! Só tem perna de pau por lá! E eu fui correndo vestir minha chuteirinha para integrar o time de cabeças-de-bagre. Ainda consegui suar um pouco. Valeu a pena!
À noite, eu e a Débora fomos jantar no Chopão. Claro que, apesar do nome do restaurante, eu só tomei dois sucos de limão (meu preferido!) Comemos um medalhão de frango muito gostoso. Eu recomendo!
Domingo, 21 de agosto de 2005. Acordei por volta das 10h30min. Estava todo quebrado! Fui à banca com a Clara (os que forem ler esse blogger vão se acostumar: ela é minha afilhadinha, filha da minha irmã). Adivinhem o que eu fui fazer? Comprar jornal? Não! Eu, como professor muito "culto", fui comprar uma HQ do "Demolidor - o Homem Sem Medo". A moça da banca (chama-se Giovana) já sabe que eu sou freguês assíduo e já deixa reservado o meu exemplar do mês! Na volta, almocei um arro-feijão-macarrão enquanto assistia ao Smallville. Também sou fá da série e tenho todos os episódios em CD!
À tarde, eu e a Débora levamos a Clara para brincar na gruta de Orlândia. Eu adoro aquele lugar! Sem exageros: é um dos lugares mais belos que conheço (embora acredite que poderia ser mais bem cuidado... ) Nós brincamos no balanço, no escorregador, de pique-esconde, de pega-pega... No final, o melhor: eu e a Clara brincamos de rolar na grama! Vocês não imaginam quão suja ficou a minha camisa (que era branca...) E como eu e a Débora ficamos cansados! Mas não importa: os risos da Clara não tem preço! O engraçado é que todos que nos viram juntos acharam que eu sou pai dela... Sem problemas! Ainda chego lá...
E por falar em afilhada, dêem uma olhada nesta fofura da foto. É a Bianca, minha afilhadinha também! Espero poder brincar com ela em breve. Ah, que saudade eu sinto dela... Ela mora em Uberaba. Acho que irei visitá-la daqui a duas semanas, se Deus quiser!
À noite, eu e a Débora viemos digitar umas notas aqui em casa e, após assistir a uma parte de um filme no computador, caímos no sono! E por falar em sono, acho que está na hora de dormir!
Como diz o Betão: F-O-I. Fui!
Até mais!
P.S.: Por ser o primeiro post, acho que a escrita ficou meio "dura". Prometo que vou postar algo mais leve da próxima vez... Valeu!